Fechamento de pronto-socorro da Santa Casa por falta de repasse causa superlotação em UPA de Anápolis

Por falta de repasse do governo Caiado, a Santa Casa de Anápolis fechou o pronto-socorro da unidade. Assim, a saúde municipal está ficando sobrecarregada. Somente ontem, mais de 750 pacientes foram atendidas na UPA do município. O prefeito Roberto Naves está em reunião desde o início da manhã para tentar resolver o problema.