Vergonha: dos 17 deputados federais de Goiás, apenas cinco aparecem em reunião de defesa da UFG e IFGs

Reitores das instituições federais de Goiás afetadas com o corte de verbas do Ministério da Educação (MEC) iniciaram nesta semana agenda com parlamentares buscando apoio para reverter a suspensão dos repasses, que podem inclusive inviabilizar o ano letivo. Nesta segunda-feira, 20 de maio, os gestores da Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto Federal de Goiás (IFG) e Instituto Federal Goiano (IF Goiano) se reuniram com deputados federais da bancada goiana. Eles apresentaram dados sobre o alcance do ensino, da pesquisa e da extensão, ressaltando o papel social das instituições.

Estiveram presentes no encontro, realizado no Centro de Aulas D, no Setor Leste Universitária, a deputada Flávia Moraes (PDT), os deputados Rubens Otoni (PT), Elias Vaz (PSB) e José Nelto (Podemos). De acordo com o reitor da UFG, Edward Madureira, eles vão buscar o apoio de deputados estaduais e também de vereadores. A ideia, segundo ele, é “mobilizar todos os atores possíveis, com poder de fogo e convencimento, que dialogam com a população”, explicou.