Tá de brincadeira: em CPI, diretor diz que consumidor tem de “ter paciência” com a Enel. Vá te catar!

Antônio Basílio, diretor jurídico da Enel, só pode estar de brincadeira. Em depoimento à CPI da Enel, ontem, o executivo, que tem um alto salário pago às custas das altíssimas contas de luz pagas pelos goianos, disse que o consumidor tem de “ter paciência para que a empresa possa prestar serviços da qualidade”. É muito cinismo.
Ok, tudo bem. Mas a Enel vai ter paciência se a gente parar de pagar pelo atendimento de péssima qualidade?
Vá te catar, cara!
E leva a Enel, junto.