Que saudade da Helenir. Com perda de prestígio da Acieg, que se agachou para Caiado, empresários articulam volta de ex-presidente

A Acieg viveu momentos de grandes embates e conquistas na época em que foi comandada pela baixinha e competente Helenir Queiroz.

Hoje a Acieg está agachada para o governo. O ex-presidente Euclides se licenciou para ganhar um salário na Juceg. O vice-presidente Allan Máximo, que é irmão do chefe da Casa Civil, Anderson Máximo, tem um alto salário no Sebrae. Ele foi indicado pelo governador, numa grande panelinha.

Rubens Filleti, que assumiu a presidência, não goza de credibilidade e respeito no Fórum Empresarial por sua controversa atuação profissional.

Com a perda de prestígio e respeito no meio empresarial, diretores da casa já cogitam o retorno de Helenir Queiroz para a presidência.