Caiado quer autorização para matar: governador pretende alterar regras da previdência por decreto

Caso a comissão especial da reforma da Previdência decida por não incluir Estados e municípios no texto final, Caiado irá propor que seja incluído no texto um dispositivo para que os governadores e prefeitos possam alterar regras de seus regimes previdenciários por decreto.
Ou seja, ele quer autorização para ferrar os servidores públicos estaduais sem precisar se submeter à Assembleia.