Mais um fiasco de Caiado com Bolsonaro: o tal Plano Mansueto é uma decepção e não resolve nada para Goiás

Caiado negocia o tal Plano Mansueto desde que tomou posse, em janeiro.  Foi mais de 60 vezes em Brasília bater na porta de Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes. Nomeou uma queridinha do superministro da Economia para mandar nas finanças de Goiás. De anda adiantou. Depois de muita demora e enrolação, o projeto de socorro veio à tona. Uma decepção total. Não resolve nada para Goiás.
Mais uma vez, salta aos olhos que o suposto prestígio de Caiado com o presidente é pura ficção.