Casa da mãe Joana: adolescente que matou colega de cela agiu a mando de outro interno, diz polícia

O adolescente de 17 anos, apreendido em flagrante suspeito de matar o menor C.E.O.S, de 15, dentro do Centro de Atendimento Socieducativo (Case) do Conjunto Vera Cruz I, na noite desta quinta-feira (6), alegou à polícia que agiu a mando de outro interno da unidade. Segundo o titular da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai), Luiz Gonzaga Júnior, o mandante do crime, outro adolescente de 16 anos, também foi apreendido.

O adolescente teria alegado que a motivação do crime foi um desentendimento entre a vítima e o mandante, que estava detido em outra ala da unidade. Segundo o delegado, o menor contou que o próprio mandante entregou a ele a corda utilizada no crime. Como tentativa de despistar os policiais, o suspeito de assassinato tentou simular uma cena de suicídio. Contudo, essa possibilidade já foi descartada pela perícia.