Ao contrário do prefeito de Rio Verde, que prometeu e não cumpriu em Rio Verde, prefeito de Jataí obtém liminar para proibir cobrança da taxa de esgoto

Na campanha eleitoral, o  prefeito Paulo Vale (sem partido), de Rio Verde, prometeu para o primeiro mês de mandato a redução das tarifas abusivas da Saneago, inclusive afirmando que buscaria na Justiça a municipalização os serviços e água de esgoto.

Veja o vídeo da promessa de Paulo do Vale:

 

 

 

Dois anos e meio depois no  cargo de prefeito, a promessa de Paulo Do Vale se revelou uma grande mentira e nada mudou em Rio Verde.

Em Jataí, por iniciativa do prefeito Vinicius Luz (PSDB), está acontecendo o contrário.

Lá, o prefeito entrou na Justiça com ação civil pública e acabar e conseguiu liminar para proibir a cobrança da taxa de esgoto na cidade cobrada pela Saneago e a empresa BRK Ambiental, com o argumento de que não há tratamento de todo o esgoto coletado.

Veja print do post do prefeito de Jataí:

 

Diante do exemplo de Jataí, uma pergunta fica no ar: por que Paulo do Vale não fez o mesmo em Rio Verde?

Leia reportagem sobre a decisão do juiz que proibiu a cobrança da taca de esgoto em Jataí:

*Juiz Thiago Castelliano determina fim imediato da cobrança de tarifa pelo tratamento de esgoto em Jataí*
_Confira tudo sobre a decisão do juiz, em favor de ação ajuizada pela Prefeitura Municipal contra a Saneago e a BRK Ambiental_
*LEIA MAIS:* https://pn7.com.br/juiz-thiago-castelliano-determina-fim-imediato-da-cobranca-de-tarifa-pelo-tratamento-de-esgoto-em-jatai/