É grave: Goiás entra em processo de desindustrialização com Caiado, aponta IBGE

Os números da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), divulgada pelo IBGE nesta terça-feira (11), confirma o que os analistas econômicos já previam: com o governo Caiado, a indústria goiana recuou em abril 5,9% em relação ao mesmo mês do ano passado.

O discurso de terra arrasada, o imbróglio dos incentivos fiscais que trouxe insegurança jurídica e a falta de perspectivas financeiras do governo estadual, inclusive já atrasando a folha do servidores, tudo isso provocou um ambiente negativo em Goiás, que agora já começa a apresentar as primeiras consequências.

O que vem por aí, a se projetar pelo quadro atual, não será bom para o Estado.