Francisco Júnior não consegue se firmar em Brasília e cai na vala comum do baixo clero

Sem protagonismo na Câmara dos Deputados, o deputado federal Francisco Júnior (PSD) faz um mandato apagado, sem qualquer importância para Goiás.

O parlamentar, que chegou a Brasília como promessa de renovação política, não contabiliza nenhuma iniciativa de relevância e cai na vala comum do baixo clero.

Politicamente apagado e distante de Goiânia, a candidatura a prefeito da capital em 2020 foi para as calendas.