Em entrevista ao Popular, secretária de Caiado volta atacar Assembleia e os incentivos fiscais

Ela não desiste.
Em entrevista ao Popular, que será publicada no impresso amanhã, mas já disponível no site hoje para quem é assinante, a secretária de Economia de Caiado, Cristiane Schmidt, volta as baterias contra a Assembleia e os incentivos fiscais. A moça atrevida e do nariz arrebitado, joga nas costas dos deputados as decisões polêmicas sobre corte de gastos para se habilitar ao draconiano plano de recuperação fiscal proposto pelo governo federal, que impõe pesados sacrifícios à população e, principalmente aos servidores. A queridinha de Paulo Guedes também ataca novamente os incentivos fiscais e aponta que vai fazer novos cortes para tirar dinheiro dos empresários e equilibrar as contas do estado.