Incentivos fiscais em Goiás vão acabar, mas a culpa não será de Caiado e sim da Adial e Fieg, os verdadeiros coveiros da política

O caiadismo quebrou a áurea dos incentivos fiscais,  que não vão sobreviver em Goiás por muito tempo. Mas a culpa não é de Caiado e sim da Adial e Fieg, entidades que deveriam defender as isenções, mas nada fizeram diante da campanha de desmoralização da política empreendida pelo governador desde que venceu a eleição. Os líderes empresariais se acovardaram, ficaram calados e deixaram prosperar a imagem ruim dos incentivos.
Eles serão os coveiros dos incentivos e não Caiado.