Bye, Bye, incetivos fiscais. Giro diz que Caiado vai mesmo cortar isenções

De nada adiantou a diplomaciadas entidades empresariais, lideradas por José Alves, Otavinho Lage e Sandro Mabel. Caiado vai mesmo fazer mais cortes nos incentivos fiscais. Ele comunicou a decisão ao trio em reunião na última quarta-feira, informa a coluna Giro. Pior, não disse como nem de quanto será a tesourada. OS líderes empresariais como sempre, fizeram papel de coadjuvantes e não mostraram força para nada.