Em série de notas, o bem humorado Pampinha debocha das manifestações de rua

Nesta quinta-feira, data marcada para manifestações em todo o país, inclusive em Goiânia, o colunista das mulheres peladas na última página do Diário da Manhã (dizem que é o espaço mais procurado da imprensa goiana) faz troça de tudo e todos no assunto dos protestos de rua.

Veja só essas quatro notinhas de Pampinha:

– Maquiavel dizia que o povo quer duas coisas: pão e circo. Nosso circo é o futebol que não está lá essas coisas. Como dizia o ex-prefeito de Goiânia Nion Albernaz: na casa onde falta pão, todo mundo briga e ninguém tem razão.

– Estão pedindo de tudo nessas manifestações de rua. No Rio uma faixa pedia a liberação da maconha. Uma outra o jogo do bicho.

– Perguntar não ofende: por que a imprensa não mostra os donos das empresas de ônibus e o que eles acham das manifestações do povo?

– Em Belo Horizonte, uma mulher gritou: “Ficam badernando e depredando tudo. Vocês não têm educação?”. “Não, não temos. O governo não deu” – respondeu o jovem.