URGENTE Em meio a bate-boca, Moro deixa sessão na Câmara sob gritos de “fujão”

Debaixo de gritos de “fujão” e “ladrão” e sob escolta, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, deixou às 21h40 a audiência da Câmara de Deputados convocada para ouvir explicações sobre as mensagens que teria trocado com procuradores da Lava Jato, divulgadas pelo site The Intercept desde o mês passado.

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deputado Felipe Franscichini (PL-PR), encerrou a sessão após um bate-boca generalizado tomar conta da sessão, que se arrastava por mais de oito horas e ainda tinha dezenas de inscritos para fazer perguntas ao ministro.