Caiado prefere o oba-oba de Brasília e eventos irrelevantes do que ficar no Palácio e resolver o pagamento dos servidores

Enquanto milhares de servidores penam com o atraso e a falta absoluta de informações sobre o pagamento de dezembro e junho, Caiado continua o oba-oba, brincando de cumprir uma agenda de faz-de-contas com viagens inúteis a Brasília e eventos irrelevantes em Goiânia, quando deveria estar no Palácio das Esmeraldas procurando soluções para a liberação dos salários de quem carrega o estado nas costas.