Servidores denunciam que Caiado vai acabar com a educação estadual ao exterminar contratos temporários de uma só vez

Servidores e professores da Educação estadual estão preocupados com o desmonte do sistema; já que o governador Caiado está encerrando contratos temporários sem nenhum tipo de critério, comprometendo o funcionamento das escolas. Uma servidora escreveu no grupo Mobilização dos Professores de Goiás afirma que a partir de agora só pode ter a cota de 50% de contratos temporários para cada função.