Tensão na Educação estadual: desmonte dos contratos temporários por Caiado pode inviabilizar 2º semestre letivo

Servidores, professores e diretores de colégios estaduais estão tensos e preocupados. É que o governador Caiado resolveu eliminar um monte de contratos temporários, sendo que a maioria venceria apenas no final de 2019. A preocupação é que segundo semestre letivo deste ano seja muito prejudicado com a falta de servidores.