Sacramentado: Edival Lourenço entra para a história de Goiás como o secretário de Cultura que acabou com o FICA

Está sacramentado: O secretário de Cultura de Ronaldo Caiado, Edival Lourenço, talvez o único auxiliar minimamente ilustrado da gestão caiadita, vai entrar para a história de Goiás como o secretário de Cultura que acabou com o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA).

Coveiro do FICA. Está será a maior “realização” de Edival, que na tarde desta segunda-feira (8) soltou o primeiro balão de ensaio para testar a reação dos produtores e do público à extinção do festival: em contato com veículos de imprensa, Lourenço disse que o FICA acumula dívidas e que não será possível realizá-lo.

Caiado já decidiu: “FICA nunca mais”.