Oséias se atrasa, base fica sem orientação de voto e Iris sofre derrota na votação da LDO

O líder do prefeito Iris Rezende (MDB) na Câmara de Goiânia, Oséias Varão (PSB), chegou ao plenário da Casa nesta terça-feira (9) depois que a sessão ordinária já havia sido encerrada.

O plenário esgotou logo a pauta do dia, ás 10h11, após aprovar, em segunda votação, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (2020). O texto foi aprovado com redução do porcentual de remanejamento de 30% para 20%.

Quando Oséias chegou ao plenário, encontrou o vereador ultra-irista Clécio Alves (MDB) aos berros em entrevista à imprensa. Clécio responsabilizava justamente a liderança do prefeito pela derrota.

Sem Oséias no plenário durante a segunda votação da LDO, não houve orientação oficial de voto sobre a emenda. A alteração foi aprovada pelo plenário, mas ainda pode ser vetada pelo prefeito.