URGENTE Ação pede que Bolsonaro seja proibido de nomear o filho para embaixador nos EUA

Uma ação popular protocolada na tarde desta sexta-feira (12), na 17ª Vara Federal Cível de Brasília (DF) pede que o Poder Judiciário proíba o presidente Jair Bolsonaro de nomear o seu próprio filho, Eduardo Bolsonaro, para a função de embaixador do Brasil em Washington (EUA). Os autores do pedido sustentam que o Presidente da República feriu a lei ao indicar um parente para o cargo. O teor da ação foi publicado pelo blog do George Marques.