Delegada diz que Felipe Araújo não foi levado ao IML porque não apresentava sinais visíveis de embriaguez

A delegada Adriana Fernandes de Carvalho diz que o cantor Felipe Araújo se recusou a fazer o teste de bafômetro solicitado pela SMT com o apoio da Polícia Militar. Ainda de acordo com a delegada, ao prestar esclarecimentos na delegacia, o cantor não apresentou sintomas visíveis de embriaguez e, por isso, ela não viu a necessidade de encaminhá-lo ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer o exame clínico.