Enfermeira de Goiânia se torna Miss Plus Size após superar câncer, divórcio e depressão

A enfermeira Silvana Silva, de 50 anos superou o câncer, divórcio e a depressão e virou Miss Plus Size.

Após engordar 30 quilos com o tratamento do câncer e chegar aos 104 Kg, ela resolveu não só participar de concursos de beleza, mas também incentivar outras mulheres a aceitarem o seu corpo. Tanto que foi organizadora com parceiras o Miss Plus Eco Goiás 2019, em Goiânia.

Silvana descobriu o câncer de mama em 2015 e teve que passar por uma mastectomia radical. A cirurgia foi seguida de mais duas para reparar e colocar prótese. Após cinco anos de medicamentos, tratamentos e as três cirurgias, a enfermeira teve rejeição e retirou a prótese.

Ainda de acordo com ela, o desenvolvimento da depressão afetou sua autoestima, que ficou ainda mais comprometida depois que ela enfrentou um divórcio, após 23 anos de casada.

Formada em enfermagem com licenciatura e especialização em ginecologia e obstetrícia, ela disse que estava sem saber como reagir diante dos problemas quando viu na internet a chance de participar do primeiro concurso e, já na primeira disputa, ficou em segundo lugar.

“Nunca tinha participado de um concurso. Na verdade, quando era jovem, as pessoas me chamavam para participar, mas minha mãe não deixava, porque dizia que eu tinha era que estudar. Eu vi na internet a inscrição para o Plusmodel Brasil em Joinville e resolvi me escrever arcando com todas as despesas”, contou ela, que tinha acabado de se separar no ano passado.

Outros títulos – Em 2018, além do top 2 do Plusmodel Brasil Master, Silvana ficou com o título de Miss Plus Eco Goiás 2018 e no top 3 do Miss Plus Eco Brasil 2018, em Manaus, que, segundo ela, virou o primeiro lugar por conta do seu engajamento.

Como a miss ficou com os títulos estadual e nacional de 2018, foi então que o comitê decidiu convidá-la para ser a responsável pelo primeiro concurso presencial em 2019 no estado de Goiás.