Lêda Borges critica retirada da Central de Flagrantes de Valparaíso: “Caiado disse que iria olhar o Entorno do DF com carinho”

Durante pronunciamento na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), na tarde desta quinta-feira (8), a deputada Lêda Borges criticou a retirada da Central de Flagrantes da cidade de Valparaíso, na região do Entorno do Distrito Federal (DF).
Na ocasião, a parlamentar relembrou que a delegacia foi instalada em 2000, por meio de um decreto. “O governador retirou a Central de Flagrantes de Valparaíso, que é um município com 230 mil habitantes e encaminhou os delegados para Luziânia. Não podemos aceitar um decreto ser descumprido sem ter sido revogado”, criticou.
A parlamentar afirmou ainda que atualmente há um favorecimento para o município de Luziânia, que é representado por um deputado da base governista. “Deixo externado meu repúdio porque as promessas feitas por esse governo eram de que iria olhar com muito carinho para toda a região do Entorno, mas isso não tem acontecido.
Segundo ela, ocorre o desmonte da segurança pública das demais cidades do Entorno em detrimento de um único município. “Todos são igualmente importantes e merecem o devido respeito”, finalizou.