Protestos transformam Belo Horizonte em cenário de guerra em dia de jogo

Os protestos violentos de rua transformaram Belo Horizonte em cenário de guerra nesta quarta-feira, enquanto Brasil e Uruguai disputavam uma vaga na final da Copa das Confederações no Mineirão. Os manifestantes atearam fogo e lançaram pedras contra vidraças, policiais e prédios. O terror se espalhou pela cidade e várias vítimas ficaram feridas. Entre elas, um jovem de 21 anos que caiu do viaduto José de Alencar e sofreu traumatismo cranioencefálico.

A Polícia Militar lançou bombas de efeito moral sobre os manifestantes e terminou acuada em um colégio. Uma concessionária de carros foi incendiada. Uma repórter foi atingida por pedras e um fotógrafo foi ferido por balas de borracha.