Caiado repete armações de Lula contra Marconi e reencarna papel de “assassino de reputações”

As armações do governador Ronaldo Caiado (DEM) contra o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) são uma novela repetida que pode se transformar num livro repetido.

Romeu Tuma Júnior publicou Assassinato de Reputações – um crime de Estado.

No livro, Tuma Júnior mostrava como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a 12 anos de prisão pela Lava Jato, tratorava e destruía os adversários políticos que não queria ver em seu caminho.

Marconi estava na relação, por conta da repercussão do até então maior escândalo de corrupção de que se tinha notícia, o Mensalão. Na época, o governador disse ter alertado o presidente sobre o esquema de compra de votos de parlamentares – Lula, claro, nada fez.

As investigações do próprio Petrolão confirmaram as mentiras e armações de Lula contra Marconi, tal qual estava no livro, mas com todos os detalhes de sua sofisticação criminosa.

Caiado escreve agora seu próprio assassinato de reputações. Assim como no caso de Tuma Júnior, o tempo mostrará a verdade.