Incentivos fiscais: Adial desiste do diálogo com Caiado. “Agora é guerra!”, decretam dirigentes da entidade

A formação de uma tropa de choque na comunicação na guerra pela manutenção dos incentivos fiscais mostra que a Adial desistiu do diálogo com Caiado. Nos bastidores, a informação é que a entidade vai partir para o confronto, por achar que a negociação formar se esgotou. Os dirigentes foram convencidos pelos consultores que o governador só vai ceder se for emparedado.
“Agora é guerra!”, decretaram eles.