MP só recebeu manifestantes porque foi ameaçado com bombas, dizem jornais

O Diário da Manhã informa nesta sexta-feira que o Ministério Público Estadual, cercado na tarde de ontem por um grupo de manifestantes, só recebeu uma “comissão” porque foi ameaçado com bombas.

Segundo o DM, os manifestantes foram até a sede do MP, no Jardim Goiás, onde foram barrados por uma linha da Polícia Militar. O diário O Hoje completa a informação dizendo que havia 150 pessoas e que o objetivo era entregar aos promotores dois pedidos de investigação, um sobre as empresas de transporte coletivo e outro sobre a suposta ação violenta da PM na repressão aos protestos de rua.

Manifestantes de um lado, polícia do outro, veio a ameaça de que o prédio do MP poderia ser alvo de bombas casos uma comissão não fosse recebida. Um promotor foi até a rua, negociou a formação de uma comissão e levou os escolhidos até a sala do procurador-chefe, Lauro Machado.