Anarquia e irregularidades levam Justiça a suspender três chamamentos de Caiado para gestão de hospitais estaduais

Os três chamamentos públicos para escolher as organizações sociais para administrar o Hugo, Huana e Hutrin estão suspensos pela Justiça por causa de irregularidades nos certames. As decisões colocam em suspeita o governo Caiado e ameaça de colapso o atendimento nas unidades hospitalares.