Professor diz que Caiado entrará para história como “governador que detesta Educação”

O professor universitário Weslei Garcia, candidato do Psol a governador em 2018, publicou um post em sua página no Facebook em que afirma que Ronaldo Caiado (DEM) caminha para entrar para história como “governador que detesta a Educação”. Weslei lembra que Caiado protelou por quase meio ano o pagamento do salário de dezembro dos professores, depois tentou reduzir salários, manobrou para extinguir o programa de ensino para adultos (EJA) e agora sucateia a UEG. 

O blog acrescenta, se o professor permitir: Caiado também se nega a pagar o piso salarial da categoria e fechou 18 escolas no começo do seu mandato. Já os recursos do Fundeb, que deveriam ser usados para investimentos em Educação, ninguém sabe onde estão. 

Weslei afirma: “A explicação ridícula é inviabilidade financeira. Um absurdo! A Universidade pública é patrimônio brasileiro e a ação de Caiado não é de se espantar. Não poderia esperar nada diferente de um governador arrogante que não defende servidores públicos e o povo. Um homem que, em seu passado, defendeu agrotóxicos, trabalho escravo e representa coronelismo no estado. Temos de nos mobilizar e não aceitar esses ataques de Ronaldo Caiado à população”.