No sufoco, Câmara de Goiânia aprova título de cidadão ao ministro Moro

Por 25 votos a 2, a Câmara Municipal aprovou no sufoco a concessão de título de cidadão goianiense ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, fragilizado por denúncias de intervenção indevida na operação Lava Jato e por declarações do presidente Jair Bolsonaro desautorizando muitas de suas ações. O autor da proposta, Clécio Alves (MDB), teve de enrolar muito para que houvesse o mínimo de 24 votos. Os dois votos contrários foram de Tatiana Lemos (PCdoB) e Paulo Magalhães (PSD).