Para polícia, jovem que matou coordenador de escola premeditou o crime, diz jornal

Informa o Correio Braziliense que “a Polícia Civil de Goiás acredita que o aluno de 18 anos suspeito de matar o coordenador da escola a golpe de faca tenha premeditado o crime. O jovem está foragido desde o início da tarde desta sexta-feira (30/8), após assassinar o professor Bruno Pires de Oliveira, 41 anos. Anderson da Silva Leite Monteiro usou um facão de cozinha para cometer o assassinato. O crime ocorreu por volta de 12h15”.
Veja a matéria completa: