Jornalista diz que deputado Amauri bate recorde de cafonice e falta de educação: “vai ficar na história pela intolerância e ignorância”

A jornalista Sueli Arantes, titular da coluna Fio Direto, do Diário da Manhã, registra nesta terça-feira que o deputado estadual chapeludo Amauri Ribeiro (Patriota) “bate todos os recordes de cafonice, mau gosto, falta de educação e decoro”. Sueli emenda: “Vai ficar na história pela intolerância e ignorância”.