Assessora da “bruxa forasteira do governo” diz que se RRF não sair, dívida de Goiás ficará inviável em pouco tempo

A superintendente do Tesouro estadual, Selene Peres, assessora da secretária de Economia e autointitulada “bruxa do governo” Cristiane Schmidt, afirmou há pouco na Assembleia que se o Regime de Recuperação Fiscal (RRF) não sair para Goiás, a dívida do Estado vai explodir no momento em que cessarem os efeitos da liminar que livrou o governo de pagar dívidas públicas.