Comandada por Talles Barreto, CPI das Universidades apresenta relatório final

Nesta quinta-feira (5) o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Universidades da Assembleia Legislativa, deputado estadual Talles Barreto (PSDB), fará a apresentação do relatório final com a conclusão dos trabalhos realizados pela comissão para a imprensa goiana.

A CPI, instaurada em março de 2018, teve o objetivo de investigar possíveis irregularidades no funcionamento de instituições particulares de ensino superior no Estado de Goiás, que estariam oferecendo cursos e diplomas de ensino superior em desacordo com regras e exigências do Ministério da Educação (MEC) segundo denúncias encaminhadas. No período foram colhidos 32 depoimentos durante 20 reuniões realizadas.

Talles Barreto ressaltou a atuação incisiva da CPI em coibir unidades irregulares que não possuem certificação do Ministério da Educação para funcionamento e consequentemente lesam os alunos que as procuram. “Finalizamos a CPI com o intuito de proteger os estudantes alunos destas instituições irregulares. É preciso conscientização destas empresas em saber que estão lidando com vidas e sonhos das pessoas”, frisou.

Operação Darcy Ribeiro

O trabalho desenvolvido pela CPI ficou evidenciado após a deflagração da Operação Darcy Ribeiro pela Polícia Civil que investiga a venda de diplomas na terça-feira (3). O delegado responsável, Glaydson Ribeiro, ressaltou a contribuição da comissão para o desenvolvimento das investigações. Talles Barreto considerou de suma importância o trabalho realizado pela comissão. “Muitos falam que toda CPI termina em pizza, mas como pode ser visto, não se trata disso neste caso”, frisou.