Reação de Otavinho Lage contra a CPI dos Incentivos Fiscais era previsível, diz relator Humberto Aidar

A reação do presidente da CPI, Otavinho Lage, o contra CPI dos Incentivos Fiscais era previsível, diz o relator da comissão Humberto Aidar (MDB).

Aidar lembra que quando o requerimento de instalação foi apresentado, representantes do Sifaeg e Fa Adial procuraram deputados para pedir que retirassem a assinaturas. “O próprio André Luiz, presidente do Sifaeg, confessou isso em depoimento na comissão”.

“Ele sempre temeu o debate sobre os incentivos fiscais, até porque o segmento dos usineiros, ao qual ele pertence, foi o que mais se beneficiou ao longo dos anos da farra das TARE’s e dos créditos outorgados”, alfinetou o relator.