Medicina veterinária da UEG para por falta de professores. Aluna diz que Caiado “foge da obrigação de governante”

O curso de medicina veterinária da Universidade Estadual de Goiás (UEG) parou por tempo indeterminado devido à falta de professores, apesar de haver vários que foram aprovados em concurso e que esperam nomeação. No instagram do governador Ronaldo Caiado, uma estudante do curso despejou a sua frustração: “Até quando o governador nos deixará sem respostas? Fugindo da obrigação de governante? Estamos aqui lutando por nossos direitos”, disse o perfil da estudante Lavínia Taís.