TEMPO REAL: irritado, Devilla exige justificativa por escrito de quem defendeu voto de temporários em eleição de reitor da UEG

Transtornado com a decisão do Conselho Universitário de permitir que os professores temporários votem na eleição do próximo reitor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), o atual reitor Ivano Devilla, que era contra os temporários, exigiu dos delegados que o contrariaram que apresentem justificativa por escrito para o posicionamento. Os delegados rebatem dizendo que não é momento para isso. Clima tenso na reunião.