CPI dos Grampos não desperta interesse. Nem Karlos Cabral apareceu na reunião desta quarta

Nova reunião da CPI dos Grampos, nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Thales Barreto (PTB), evidenciou grande esvaziamento.

A CPI parece não despertar o interesse nem de deputados da oposição nem da imprensa.

Por exemplo: membro da CPI, o deputado Karlos Cabral, do PT, não deu as caras e sequer justificou a ausência.

Um dos requerimentos rejeitados na reunião desta quarta era de autoria do próprio Cabral, que queria convocar representantes do Twitter no Brasil.

Como nem o deputado petista se interessou em defender a proposta de convocação, a matéria foi direto para o arquivo.

O outro deputado indicado pela oposição na CPI dos Grampos é o morno Ney Nogueira, que passou o tempo todo na reunião pedindo desculpas pela sua inexperiência e falta de objetividade.