Coordenadora Walkyria é cobrada por pais e estudantes após mudanças em colégio estadual de Caldas Novas

A coordenadora regional de Educação no Sul do Estado, Walkyria Romano, está no olho de um furacão. De Morrinhos, ela agora manda na educação do município e também nas escolas estaduais de Caldas Novas. Desde que assumiu, indicada por Caiado, Walkyria vem sendo bombardeada por críticas e reclamações de pais e alunos. A crise agora explodiu no Colégio Estadual Juscelino Kubitschek, em Caldas. As mudanças implementadas por Walkyria são consideradas desastrosas: ela tirou o diretor, trocou professores e esses novos educadores são alvos de reclamações.

Estudantes e pais dizem que a escola virou uma bagunça. Alunos são maltratados, horários são alterados e não há um ambiente saudável no dia a dia do colégio. A secretária Fátima Gavioli já está sabendo de tudo que acontece em Caldas Novas. Pais anseiam por mudanças. Podem a volta do antigo diretor.