VÍDEO: Agentes prisionais ameaçados de morte e desprotegidos pelo governo vão ao Ministério Público

Abandonados pelo governo Caiado, agentes prisionais de Goiás avisam que vão procurar nesta semana o Ministério Público – mais especificamente o promotor Marcelo Celestino – para denunciar o abuso aos Direitos Humanos que continua a acontecer nas penitenciárias goianas. Além das ameaças de morte aos poucos agentes nos presídios, o presidente do sindicato dos agentes, Maxsuell das Neves, diz no vídeo abaixo que os presos estão sendo tratados como animais. Veja.