Enfermeiros do Hugo saem intimidados de reunião com Caiado: “falou que poderíamos ser demitidos se insistíssemos no protesto”

Enfermeiros do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) disseram ao GO24H que saíram desanimados da reunião que tiveram com o governador Ronaldo Caiado (DEM) para tratar do desejo manifesto pela instituição escolhida para gerir o Hugo – o INTS – demitir em massa os enfermeiros e técnicos de enfermagem que prestam serviço ao hospital. “Caiado está acuando os enfermeiros dizendo que vão ficar desempregados se continuar mexendo com a OS”, disse um deles ao blog.