Em mensagem ao GO24H, enfermeiros do Hugo avisam: “Não deixaremos a OS fazer bagaceira e acabar com hospital”

Em áudios encaminhados por WhatsApp ao Goiás 24 Horas, enfermeiros do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) afirmam que é crescente a mobilização da categoria contra o desejo da nova organização contratada para gerir o Hugo – o INTS – de promover uma demissão em massa dos funcionários do hospital. “O pessoal começou a acordar. Principalmente os médicos, que não estavam acreditando nas ameaças, agora acreditam e se uniram a nós. Temos que nos unir, porque juntos somos mais fortes. Não vamos deixar a OS fazer bagaceira e acabar com o hospital”.