Polícia Civil prende o maior estuprador em série de Goiás. São mais de 40 crimes

A Polícia Civil, com o apoio da Polícia Técnico-Científica, realizou força-tarefa que resultou na prisão de Wellington Ribeiro da Silva, de 52 anos, suspeito de ser um estuprador em série. O suspeito é investigado por 47 estupros ocorridos em Goiás.

Segundo informações da Polícia Civil, exames periciais de DNA já confirmaram ser ele o autor dos crimes sexuais contra 22 vítimas, ocorridos entre os anos de 2008 e 2019. A investigação foi feita com trabalho de inteligência, coleta de declarações das vítimas e análise do “modus operandi” do autor.

As investigações mostram que o suspeito anunciava um assalto, obrigava as vítimas a subirem em sua moto, e as levava para local ermo, onde praticava o crime, valendo-se de grave ameaça (uso de arma de fogo) e sem retirar o capacete, a fim de ocultar sua identidade. Wellington Ribeiro tem antecedentes criminais por roubo, estupro e homicídio.

No dia 7 de maio de 2011, Wellington foi preso em flagrante por ter estuprado uma vítima e ter feito sexo oral em sua bebê de 5 meses, no Jardim Ipanema, em Goiânia. No auto de prisão em flagrante, ele se apresentou com o nome falso de Sérgio Rodrigues da Silva. Por ter procedimentos penais no estado do Mato Grosso pelos crimes mencionados, o suspeito foi transferido de Goiás para o referido Estado, visto que a pena era maior.

(com informações do Jornal Opção)