Sorgatto e Cambão terão de explicar fim da UEG de Luziânia: ambos votaram a favor da PEC que tirou verba da universidade

Os deputados estaduais Diego Sorgatto (PSDB) e Wilde Cambão (PSD) dividirão o apoio do governador Ronaldo Caiado (DEM) na eleição para prefeito de Luziânia no ano vem. Mas eles também terão que dividir o ônus pela extinção do campus da UEG na cidade, já que ambos votaram a favor do projeto que tirou R$ 500 milhões da Educação na semana passada. Como informamos há pouco, a proposta oficial de reestruturação da UEG prevê o fim da unidade de Luziânia e mais 17.