Insensível: Caiado mantém decisão e joga custo da iluminação das rodovias para as prefeituras

Não adiantou de nada a reunião de sexta-feira entre Goinfra, AGM, prefeituras e Enel. O governo do Estado reafirmou que não consegue bancar a iluminação pública nas rodovias que cortam os municípios da Grande Goiânia. Assim, Caiado autorizou a Enel a desligar a luz. Apenas duas prefeituras disseram ter condições de bancar a iluminação. O presidente da AGM, prefeito Paulo Sérgio, disse que tentará um acordo para que a Enel cobre apenas a energia, excluindo a manutenção. O fato é que centenas de quilômetros vão ficar no escuro, aumentando o risco de acidentes.