“Quem é Chequinho para fazer críticas ao trabalho da CPI dos Incentivos Fiscais?”, pergunta um deputado

Diretor da Adial, Edwal Portilho, o Chequinho, está super-queimado  na CPI dos Incentivos Fiscais. A cada declaração dele a respeito da comissão aumenta o fosso entre a entidade e os parlamentares.  “Quem é Chequinho para fazer críticas ao trabalho da CPI dos Incentivos Fiscais?”, pergunta um deputado ouvido pelo G24H. Candidato derrotado a deputado federal pelo MDB na última eleição, Chequinho virou um grande trapalhão na opinião dos parlamentares e pode ser novamente convocado para depor na Assembleia, além, é claro, de ser citado no relatório de Humberto Aidar.