Megaempresários voltam a atacar trabalho da CPI e projetos de lei para corrigir distorções nos incentivos fiscais

Desesperados com a possibilidade de perder a bolsa-empresário e com a siberba e arrogância de sempre, os mega empresários Otávio Lage Filho (Grupo Jalles Machado) e César Helou (Laticínios Bela Vista) voltaram a atacar ao travalho da comissão e os projetos apresentados para corrigir as distorções da política de isenções de impostos. Segundo eles, há risco ao ambiente de negócios por conta de alguns projetos de lei ou pela CPI dos Incentivos Fiscais na Assembleia.
Era só o que faltava. Querem agora mandar no trabalho dos deputados.