Piracanjuba recebeu R$ 817 milhões em inventivos fiscais e pagou 0,75% de ICMS, aponta CPI

Informa o jornalista Eduardo Pinheiro, do Jornal Opção, que durante a oitiva do empresário César Helou, dos Laticínios Bela Vista/Piracanjuba, o relator, deputado Humberto Aidar, apresentou dados que mostram que a empresa teve uma carga de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em torno de 0.75%.

Segundo ele, ao todo foram R$ 817 milhões em benefícios fiscais ao longo de cinco anos, segundo levantamento da CPI. Ainda de acordo com o jornal, Humberto Aidar ressaltou que do total foram R$185 milhões através do programa Produzir e R$ 468 milhões de crédito outorgado, além de outras fontes de desoneração.