Absurdo: advogado da Enel diz que a empresa se empenha para prestar bom serviço

O advogado da Enel, Lúcio Flávio, participa de audiência pública promovida pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que apura irregularidades no fornecimento de energia elétrica por parte da concessionária. O debate ocorre na manhã desta quinta-feira, 26, no auditório Solon Amaral da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

Lúcio Flávio fala, do ponto de vista jurídico, sobre o caso apresentado pelo ex-vereador Maurício Beraldo, representante do Residencial Vale dos Sonhos e região, na capital. O advogado explica que, como tem feito nas audiências públicas no interior do estado, vai se manifestar na parte jurídica. “Vou receber os requerimentos e darei a resposta formal”, disse ao se dirigir ao ex-parlamentar.

Ao defensor público Thiago Bicalho, Lúcio Flávio informou estar consciente das dificuldades de comunicação entre a empresa e os clientes. “Já tenho levado as reclamações à alta direção em relação ao atendimento. Acredito ser uma diferença cultural. O goiano gosta de conversar olho no olho”, afirma.

O representante jurídico da empresa diz ainda que a concessionária tem se empenhado em prestar um bom serviço à população goiana. “A Enel tem sido responsável por problemas que herdou, com uma década de defasagem”, defende. “A empresa tem corrido com os investimentos para melhorar o serviço. Temos dados respostas às reclamações e cumprido a legislação à qual estamos submetidos”, completou Lúcio Flávio.